04/01/2010

SACDs #25: Josef Suk, Asrael

A música checa, apesar de não tão reconhecida como a alemã ou a austríaca, por exemplo, tem revelado extraordinários compositores ao longo dos tempos, nomeadamente desde o século XVII. Os seus expoentes foram, naturalmente, Antonín Dvorák (1841-1904) e Bedrich Smetana (1824-1884), mas, depois deles, já nos brindou com compositores como Leos Janácek (1854-1928), Vítezslav Novák (1870-1949), que ainda não passou por estas páginas, e Bohuslav Martinu (1890-1959).

Outro nome incontornável é o de Josef Suk (1874-1935) que, não sendo tão aventureiro como Janácek, acabou, de alguma forma, por representar uma certa extensão da obra de Dvorák. Os dois, aliás, estiveram intimamente ligados, ou não tivesse Suk sido aluno de Dvorák no Conservatório de Praga e, em 1898, casado com a filha deste, Otilie. Tiveram ainda em comum a sorte de ter um consagrado Johannes Brahms (1833-1897) a ajudar ao início das suas carreiras, promovendo as suas primeiras obras; no caso de Suk tal sucedeu com o seu opus 6, a Serenade for Strings.

O falecimento de Dvorák, em Maio de 1904, levou Suk a iniciar a escrita daquela que viria a ser a sua obra mais emblemática, a Sinfonia Asrael. A morte de Otilie, pouco mais de um ano depois, marcou mais um momento trágico, que o levou a rever a obra e a torná-la ainda mais sombria. Por altura do falecimento da esposa, Suk encontrava-se a trabalho no 4º andamento desta sinfonia; acabou por largar aquilo que dele já tinha composto, e escreveu um novo de raiz, que é geralmente considerado como sendo um retrato de Otilie, que nos é apresentada pelo violino. Foi também por esta altura que Suk adicionou o sub-título à obra, Asrael (ou Azrael), que é o Anjo da Morte, aquele que vigia os moribundos e tira as almas dos corpos. Esta sinfonia foi estreada no dia 3 de Fevereiro de 1907.

Josef Suk nasceu há 136 anos, no dia 4 de Janeiro de 1874.




Josef Suk
Asrael, Op.27.
Helsinki Philharmonic Orchestra
Vladimir Ashkenazy
Ondine ODE 1132-6
(2008)


Internet



Josef Suk
Naxos / Answers.com / Karadar Classical Music / Wikipedia

Sem comentários:

Enviar um comentário